sexta-feira, 30 de abril de 2010

Beltane - Festival do Fogo e Uniao do Casal Sagrado




Beltane, Beltain ou Bealtaine é um festival Celta, ainda comemorada nos dias atuais, reconhecido nas comemorações da Festa da Primavera, mas que originalmente marcava o verão. Devemos, entretanto, deixar claro que há uma grande discrepância entre as comemorações contemporâneas (que primam a sensualidade humana) e a comemoração em tempos remotos (que tinham um enfoque maior na fertilidade da Terra). O Beltane é o mais alegre dos Festivais Celtas, onde os participantes dançam, e se alegram nas voltas da fogueira. Alguns casais seguindo o rito do Casal Sagrado, fazem amor simbolizando a Fertilidade.
Oposto ao festival Samhain, o Beltane é um festival da fertilidade, simbolizando a união entre as energias masculina e feminina, a fertlidade da Terra e os fogos do Deus Celta Bellenos, e toda sua energia e luz.

Durante o Festival, eram acesas fogueiras nos topos dos montes e lugares considerados sagrados, sendo um ritual importante nas terras Celtas. E como tradição, as pessoas queimavam oferendas como, por exemplo, totens ou animais para que o poder do fogo fosse passado ao rebanho e, pulavam as fogueiras para que se enchessem das mesmas energias poderosas.

Representa o início do Verão e marca a morte do Inverno, sendo comemorado com danças e banquetes.

Ocorre em 1 de maio no Hemisfério Norte e 1 de novembro no Hemisfério Sul.

Na obra " As Brumas de Avalon" de Marion Zimmer Bradley,é relatada a festividade, mas deve se lembrar que em épocas remotas a sexualidade dispunha de um lugar de destaque e nada pudorado, pois como mencionam-se em muitos textos, é a celebração da Fertilidade.

A Fertilidade nesta celebração consta como o desabrochar da Primavera, com o abrir das flores, as sementes e a vida da prole considerada no Reino Animal. Uma Festa que deve ser regada de muita alegria, com danças, coroas de flores e um banquete que valoriza os alimentos da época e principalmente a fogueira, ou algo representando o fogo. Para que possamos deixar que este elemento livre-nos das doenças e que reinicie a vida, na forma primordial, simples e pura.

Muitos grupos que seguem a espiritualidade céltica ainda celebram este Festival, assim como o outro.

O Casal Sagrado a Deusa Mae e o Deus Pai se unem eles sao a energia vital do equilibrio da fertilidade da Terra.
Veja um pouco mais do Festival de Beltaine aqui, post de outro ano.




Ritual do Sabbat Beltane

O Sabbat Beltane dos Bruxos começa oficialmente ao nascer da lua da Véspera de 1o de Maio (ou de Novembro, no hemisfério sul), sendo tradicionalmente realizado no alto de uma montanha onde são acesas as imensas fogueiras de Beltane para iluminar o caminho para o verão e aumentar a fertilidade nos animais, nas sementes e nas casas. (Antigamente as grandes fogueiras da Irlanda, que simbolizavam o Deus Sol doador de vida, eram acesas com a centelha de uma pederneira ou pela fricção de duas varetas.)

Se você planeja festejar Beltane em ambiente fechado, deverá acender o fogo em um local apropriado. Certifique-se de colocar um galho ou ramo de sorveira sobre o fogo para reverenciar os espíritos guardioes de sua casa e sua família, trazendo boa sorte para a casa e mantendo afastados os fantasmas, duendes e fadas e espiritos malévolos. Se você não tiver lugar apropriado, poderá acender 13 velas verdes-escuras para simbolizar a fogueira de Beltane.

Vista-se com cores brilhantes da Primavera (a não ser que prefira trabalhar sem roupa- Vestida de Ceu) e use muitas flores coloridas e de odor forte nos cabelos. Antes de vestir-se para a cerimônia, medite e banhe-se à luz de velas com ervas para limpar seu corpo e sua alma de quaisquer impurezas ou energias negativas.

Comece traçando um círculo de 3m de diâmetro e monte um altar no centro, voltado para o leste. No topo do altar, coloque duas estatuetas para representar a Deusa da Fertilidade e Seu consorte, o Deus Cornífero. Ao lado de cada uma delas, um incensório contendo olíbano e selo-de-salomão. No lado direito do altar, coloque um punhal consagrado e um cálice cheio de vinho. Acenda 13 velas verdes-escuras em torno do círculo.

Prepare uma coroa de flores do campo que florescem na Primavera, tais como margaridas, prímulas, primaveras ou malmequeres, e coloque-a no altar diante dos símbolos da Deusa e do Deus. Pode ser colocado um pequeno mastro decorado (com cerca de 1m de altura) à direita do altar, enfeitado com flores e fitas de cores brilhantes.

Ajoelhe-se diante do altar. Acenda as velas e o incenso. Feche os olhos, concentre-se na imagem divina da Deusa e do Deus, e diga:



EM HONRA à DEUSA E AO DEUS CORNíFERO, E SOB A SUA PROTEçãO, INICIA-SE AGORA ESTE RITUAL DO SABBAT.
Abra os olhos. Pegue o punhal que está no altar, cumprimente com ele o leste, e diga:



OH, DEUSA DE TODAS AS COISAS SELVAGENS E LIVRES, A TI EU CONSAGRO ESTE CíRCULO.


Segure o punhal em saudação na direção sul e diga:


ABENÇOADA SEJA A VIRGEM DA PRIMAVERA, PARA ELA EU CANTO ESTA PRECE DE AMOR. ELA TORNA VERDE AS FLORESTAS E OS PRADOS, OH, DEUSA DA NATUREZA, ELA REINA SUPREMA.
Segure o seu punhal em saudação ao oeste, e diga:


OLíBANO E SELO-DE-SALOMãO, GRAçAS A ELA QUE FAZ GIRAR A RODA!

Segure o punhal e saúde o norte, dizendo:


ABENÇOADO SEJA O SENHOR DA PRIMAVERA, PARA ELE EU CANTO A PRECE DO AMOR. DEUS DIVINO DAS TREVAS, DEUS DIVINO DA LUZ, ESTA NOITE EU CELEBRO OS SEUS PODERES FERTILIZANTES.
Coloque o punhal de volta no altar. Pegue a coroa de flores do campo e coloque-a no alto de sua cabeça. Quando esse ritual é realizado por um Coven, o costume é que o Alto Sacerdote a coloque sobre a cabeça da Alta Sacerdotiza. Ajoelhe-se diante do altar, olhando para as imagens das deidades pagãs da fertilidade. Abra os braços e diga:



ESPíRITOS DA áGUA E DO AR, EU PEÇO QUE OUÇAM A MINHA PRECE: QUE O CéU E O MAR PERMANEçAM LIMPOS, QUE A TERRA SEJA FÉRTIL E VERDE. ESPíRITOS DO FOGO, ESPíRITOS DA MÃE TERRA, QUE O MUNDO SEJA ABENÇOADO COM PAZ, AMOR E ALEGRIA.

Pegue o cálice de vinho e levante-o com o braço esticado, e, enquanto derrama algumas gotas no chão, como libação à Deusa e ao Deus, feche os olhos e diga:


QUEIMEM OS FOGOS SAGRADOS DE BELTANE, ILUMINEM O CAMINHO PARA O RETORNO DO SOL. AS TREVAS DO INVERNO DEVEM AGORA TERMINAR, A GRANDE RODA DA VIDA GIROU NOVAMENTE. QUE ASSIM SEJA.
Beba o resto do vinho do cálice e, então, coloque-o de volta no altar. Apague as velas, mas deixe que o incenso termine de queimar. O ritual está agora completo, devendo ser seguido de um banquete, de cantos e danças na direção do movimento do sol em torno da fogueira de Beltane ou do mastro decorado para simbolizar a união divina da Deusa com o Deus.


Fonte: 'Wicca - A Feitiçaria Moderna - Gerina Dunwich


UM LINDO E ALEGRE FESTIVAL OU ESBBAT DE BELTANE PARA TODOS VOCES!!!!
MUITA ALEGRIA E MUITO AMOR PARA DAR!!!

LUZ E HARMONIA

Com carinho

Caillean )0(

4 comentários:

Léo Metallica disse...

Tudo o que eu lí sôou como um ritual bem maduro. Ainda que seja um dos rituais mais festivos, fico a pensar que este rito tem suas bases fortes nas crenças como um pilar de sobrevivência de uma cultura passada.

Não que os outros rituais sejam menos sérios, mais este me sôou bem mais importante.

O conteúdo histórico tem um contexto interessante. É como a festa de São Jorge ou Santo Antônio. Custei a associar tais eventos comemorativos.

Quanto a praticidade de tais eventos, bom, disso eu já nem posso dizer nada, porque nada entendo.

Direto do Rio.
Beijão Bruxinha.

rodrigues-bomfim@bol.com.br disse...

Olá amiga,
obrigado pela visita e comentário, seja sempre bem vinda.
Gostei de tudo que vi e li no seu espaço..gosto desse assunto de magia.

Bjs e boa semana.

Caillean disse...

Oi Bruxinho

Apesar de ser um Sabbat ou festival que eu mais gosto porque é muito alegre, as pessoas dançam, bebem e fazer amor seguindo os passos do Casal Sagrado. Mas na hora do ritual ele se torna sério e muito profundo, pois dele saira a comcepçao da "criança da promessa". Voce deve ter visto na postagem do ano passado a Uniao da Deusa e do Deus noo Thor.

Quanto as fogueiras sim em todos os festivais que tem fogueiras as pessoas passam entre elas (normalmente sao duas) para se purificarem pois é esta uma suas finalidades do elemento fogo. O que nos leva as festas juninas aqui no Brasil.

Acho que expliquei um pouco a praticidade destes eventos :)
Beijunhos enluarados

)0(

Caillean disse...

Ola Rodrigues

Também gostei muito do seu blog, sao assuntos importantes e nao é por seu uma bruxinha que deixo de me interessar pelos fatos e acontecimentos de nossa realidade :)

Seja sempre bem vindo a CASA estará sempre aberta!!!

Bjs e uma semana estrelada para voce!

)0(

Podera lhe interessar...

Related Posts with Thumbnails